Fotos do 38º Sarau Benedito, 03/11/2008

•terça-feira, 4 novembro, 2008 • 1 Comentário

Outras fotos, aqui.

sarau_nov3

sarau_nov4

sarau_nov5

sarau_nov6

38º Sarau Benedito nesta segunda!

•domingo, 2 novembro, 2008 • Deixe um comentário

SESC – ITAJAÍ convida:
Lançamento do Livro

DE CONCHAS E DE CLARICES

Coleção Caderno de Autoria.

Livro foi desenvolvido durante as Oficinas de Formação de Escritores no SESC e contou com a assessoria e organização da escritora Telma Scherer.

Data: 03/11
Local: Teatro Municipal de Itajaí
Horário: 21h

*** Entrada e distribuição do livro são gratuítas ***

Apresentação:
Telma Scherer

O leitor pode aproximar este Caderno do seu ouvido. Não há perigo. Aí dentro da concha mundo em que habitam os seus autores, há música de mares, canções suaves, vôo de joão-de-barro, chorinho, calor de amor rompido, gargalhada, suor, palpitação de marinheiro e folia de gatos. Principalmente, folia, linguagem que quer a festa de ser linguagem. Esses sons, tematizados em alguns trechos metaliterários, surgiram em meio a boas risadas, intensidade de trocas e concentração de interesses, nas 30h de oficina do Programa SESC de Formação de Escritores.

Com muito prazer e boa prosa, sempre de bom-humor, o grupo se reuniu e dividiu experiências. Alguns já se conheciam profundamente e integram juntos a equipe do Clap!, uma publicação alternativa totalmente gerenciada por eles. Rômulo Mafra, Daniel Rosa dos Santos, Deborah O’Lins de Barros, Seba e Rafaelo Adriano já passaram pelas páginas do Clap!. Rômulo Mafra, sempre divertido e picante, escreve ao sabor do bom-humor, gerando estranhamento pelas conexões insólitas. A jovem Deborah se descobre a cada verso, sempre pronta para questionar e aprofundar a reflexão em suas logopéias. Seba demostra um domínio acurado das técnicas de composição, além de um farto leque de leituras, o que torna sua escrita um produto pronto e bem-acabado. Já o Daniel Rosa dos Santos, experiente contador de histórias, criador teatral e observador dos mundos paralelos, traz à tona uma prosa madura, polifônica, rica em material humano. Rafaelo, como é de se esperar em um bom músico compositor, experimenta a linguagem e seus efeitos sonoros, brindando-nos com a performance das suas criações. Outros autores, mesmo os não diretamente ligados a essa turma do CLAP, talvez já tenham passado pelo Sarau Benedito, outro ponto de confluência e influência do grupo, que está sempre pronto a iniciativas e debates sobre a inserção da literatura no meio cultural de Itajaí. Todos, enfim, se envolveram e cresceram juntos, traçando por vezes diálogos entre o cinema e a literatura, como nos casos de Lallo Bocchino e Tetsuo Takita, que expuseram ao grupo suas produções. Ambos trabalham com roteiro de cinema, porém desenvolverm o conto e a poesia, respectivamente, com a mesma qualidade que se pôde conferir em vídeo. Já Maria Docelina Singoski, cujo foco como autora não é tanto o da ficção, mas o livro técnico na área da saúde, acabou por conhecer e praticar um novo relacionamento com a escrita, oferecendo um poema ao Caderno. Mariângela Botelho Franco, escritora-jornalista publicada duas vezes em livro individual, fez da casa do João de Barro o lugar ímpar do desbravamento de gêneros, e se mostrou muito afinada com a prosa. Há que se ressaltar a verve nova e implacável de duas jovens autoras (Michelli Dias e Larissa Lopes) que, antes mesmo de completar maioridade, destacaram-se em criações renovadoras, que chamam a atenção pela seriedade com que encaram os enigmas da poesia e o domínio na arte de produzir imagens. Ambas são revelações desse Programa que, oxalá, inda darão muito a ser lido. Odécio Adriano, progenitor do Rafaelo, revelou-se um bom poeta, trazendo belas imagens em dois textos curtos que compõem esse volume. Cláudia Regina Telles, artista interessada em múltiplos suportes, do teatro às artes visuais, esteve sempre atenta à teoria e à investigação de possibilidades, revelando na produções que se verão uma escrita já amadurecida e qualificada.

Tanta diversidade de enfoques, perspectivas e referências contribuiu de maneira significativa para que as horas de oficina se tornassem um ambiente bastante fértil. A motivação central, no plano teórico e prático, era a de repensar aspectos estruturais da poesia e da prosa, colocando os gêneros em diálogo e revelando suas fusões. Aí se leram os clássicos preceitos de Ezra Pound no ABC da Literatura, procurou-se construir um referencial teórico básico acerca do ritmo, da metáfora e das imagens poéticas. Esse conjunto de observações, retiradas tanto de Pound quanto de autores como Bandeira e Paz, foi aplicado a trechos de prosa contemporânea e a uma vivência autoral que extrapolou os preceitos tradicionais que separavam um gênero e outro. Aí é que entram as Clarices, citadas acima. É que no centro da concha, lá dentro, no escuro mais escuro dos seus mistérios, vive uma Água Viva, algo explicável somente pela paixão: seiva que faz brotar, e brota, múltiplas reescrituras.

Escritores:
Deborah Barros
Rômulo Mafra
Cláudia Telles
Larissa Lopes
Daniel Rosa
Seba
Maria Docelina Sinigoski
Lallo Bochino
Mariângela Franco
Michelli Dias
Tetsu Takita
Rafaelo Adriano
Odécio Adriano

Produção:

Marcelo Morais
Setor de Cultura
SESC-Itajaí-SC
Fone: (47)3349-4096 / 9946-3388

Fotos do 37º Sarau Benedito – Brecht

•terça-feira, 21 outubro, 2008 • 2 Comentários

Aqui tem uma foto. No blog do André Pinheiro, muito mais.

Da esquerda pra direita: André, Seba, Priscilla, Elton, Alex, Rafaelo

Sarau HOJE)!!!!!!!!!!

•segunda-feira, 8 setembro, 2008 • 1 Comentário

O SARAU BENEDITO, QUE NÃO ACONTECEU SEGUNDA PASSADA, FOI TRANSFERIDO PARA HOJE. E MUDOU DE LOCAL TAMBÉM. TÁ AÍ NA IMAGEM.

Sarau Benedito HOJE

•segunda-feira, 1 setembro, 2008 • Deixe um comentário

E mudou o local do Sarau:

XXXIV Sarau Benedito

•terça-feira, 15 julho, 2008 • 2 Comentários

Clique para aumentar

Chico Buarque, Chico Science, Chico Cesar e todos os outros chicos da música.

Hoje tem 33ª edição do Sarau Benedito!

•segunda-feira, 7 julho, 2008 • Deixe um comentário