Sarau 11/06: Clarice Lispector

clarice_01.jpgclarice_03.jpgclarice_02.jpg

“Tenho várias caras.
Uma é quase bonita, outra é quase feia.
Sou um o quê? Um quase tudo”.

Um enigma, Clarice Lispector.

Segunda-feira, 11 de Junho,
no Aldeia Bistro (atrás da igreja Matriz)
em Itajaí, às 21h, a poetisa da vez é Clarice.

Biografia

Clarice Lispector (ucraniano: Кларісе Ліспектор) (Chechelnyk, 10 de dezembro de 1920 – Rio de Janeiro, 9 de dezembro de 1977) foi uma escritora judia brasileira nascida na Ucrânia, na época uma República Socialista Soviética.

De família judaica, emigrou com a família para o Brasil quando tinha apenas dois meses de idade. Começou a escrever logo que aprendeu a ler, na cidade de Recife. Clarice falava vários idiomas, entre eles o francês e inglês. Mas ela cresceu ouvindo no âmbito domiciliar o idioma materno familiar, o iídiche.

Curiosidade

Em artigo publicado no jornal “The New York Times”, no dia 11/03/2005, a escritora foi descrita como o equivalente de Kafka na literatura latino-americana. A afirmação foi feita por Gregory Rabassa, tradutor para o inglês de Jorge Amado, Gabriel García Márquez, Mario Vargas Llosa e de Clarice.

Extraido da Wikipedia, leia o artigo completo.

Youtube

Em entrevista histórica de 1977, Clarice conta sua tragetória, demais!

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Anúncios

~ por Guilherme Meneghelli em quarta-feira, 30 maio, 2007.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: