“Adeus, Lênin!”

Adeus Lênin

A minha geração idolatra o Che Guevara
E depois acende outro Marlboro
Enquanto calça o All Star,
Ouvindo, triste e pacivamente, um pop-rock farofa.Para a gente, Cavaleiro é coisa de Idade Média
E o Cavaleiro da Esperança, coitado,
Cheira a “Senhor dos Anéis”.

Católicos fazem procição, enriquecendo – sem saber – ao Rei da Vela.
Para a gente, Clint Eastwood só é caubói no “De volta para o futuro”
E o Morgan Freemann é o eterno presidente da América.

Cada um tem o John Lennon que merece.
E eu vou ter que me contentar com o suicida de Seattle.
Vida longa ao ídolo morto.

Lênin morreu. Viva Lênin!
Agora me dá mais uma Coca-Cola.
Sou punk, viva o anarquismo. Sou comunista, estou na moda.

Mas que bela porcaria de geração que me foi dada…
Que acha que a Olga é a Camila Morgado
E que o Thiago Lacerda é o Garibaldi…

– Me dá um traago dessa pôrra,
– Não prende muito, que dá aneurisma!
Mas não vou tragar essa geração medíocre.

Gostaria de me revoltar, mas não tenho objetivos.
Não há mais barreiras, não há mais muros…
Tomo um gole de vodka e assisto ao Big Brother.
Lênin morreu. Adeus, Lênin!

Deborah Lins de Barros
Anúncios

~ por Guilherme Meneghelli em terça-feira, 29 maio, 2007.

Uma resposta to ““Adeus, Lênin!””

  1. VIVA O Vladimir Ilitch Ulianov E TODOS OS REVOLUCIONÁRIOS!!!11

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: